RESERVAS

História e Geografia do Faial

foto_03
 

A descoberta da ilha do Faial terá sido na primeira metade do século XV, designada inicialmente, em alguns atlas da época, como “Insula de Ventura”.

 

O povoamento da ilha do Faial teve início em 1460 na zona dos Cedros, por gente vinda, principalmente, do norte de Portugal continental. Mais tarde vieram os flamengos que se concentraram num vale que hoje é conhecido como a freguesia dos Flamengos.

No século XIX, numa época de oposição entre liberais e absolutistas, os faialenses tomaram partido dos liberais, tendo inclusive recebido a visita de D.Pedro IV em 1832. No ano seguinte, a Horta ascende a cidade como reconhecimento do apoio faialense à causa liberal. Iniciou-se a construção da doca da Horta em 1876, tornando-se rapidamente num importante ponto de escala das embarcações que atravessam o oceano.

O Faial serve de ponto de escala ao primeiro avião a realizar a travessia do Atlântico em 1919. A sua posição geográfica foi determinante para que a Pan American se instalasse na ilha, assim como a estação de cabos submarinos intercontinentais de nacionalidade francesa, inglesa, italiana, alemã e americana. Também devido à sua situação geográfica, a ilha do Faial teve um papel de relevo estratégico nas duas Guerras Mundiais.

Em 1957 verificou-se uma erupção vulcânica a cerca de 1 km da costa, perto do Ilhéu dos Capelinhos, que veio a formar uma pequena ilha de cinza que mais tarde se uniu à ilha do Faial através de um istmo, que hoje é conhecida como a Ponta dos Capelinhos.

Quer aceder à versão otimizada para mobile?