RESERVAS

História e Geografia de São Miguel

foto_igreja
 

A data exacta da descoberta da ilha de S. Miguel é tema de discussão, sendo referido que foi entre os anos de 1426 e 1439, no entanto existem atlas geográfico de meados do século XIV que já faziam referência ao arquipélago.

 

Diogo de Silves fez o reconhecimento e identificação da ilha de São Miguel em 1427 e procedeu ao seu povoamento, que começou na Povoação, continuando até Vila Franca do Campo, para finalmente chegar a Ponta Delgada.

A primeira capital da ilha foi Vila Franca do Campo, mas em 1546 foi transferida para Ponta Delgada, passando esta a ser a capital efectiva de São Miguel por desígnio do rei D.João III.

O século XIX registou o número crescente de construções, desde templos a solares, com talha, azulejos valiosos e cantaria trabalhada. Estas construções devem-se em grande parte à riqueza gerada pelo mercado da laranja, tendo como principal destino a Inglaterra.

Ponta Delgada mantém ainda hoje as suas belas igrejas e palácios do século XVI ao século XIX, sendo alguns belos exemplos representativos da arquitectura manuelina, típica portuguesa.

No século XIX após a proclamação da Carta Constitucional e a aclamação da rainha D.Maria II, conseguiu-se a paz desejada que permitiu que se retomasse na ilha a expansão comercial, com a introdução de novas culturas, como é o caso do ananás, do chá verde e do tabaco, e a construção do porto de Ponta Delgada

É de ressalvar igualmente que no século XX, em 1901, foi recebido em São Miguel o rei D.Carlos I e da rainha D.Amélia.

Quer aceder à versão otimizada para mobile?